segunda-feira, 8 de abril de 2013

Rapidinhas da 10ª Rodada do 2º Turno do #PE2013

Uma rodada que se encerra concretizando as incertezas de um certame de deixar apostadores de queixo caído com suas improbabilidades. Começando no sábado com goleada e tendo sua apoteose na queda de um treinador e na surpresa como 4ª força de 2013.

Sport 5 x 1 Belo Jardim - Depois de um 1º tempo disputado com o calango chegando forte em cima do Leão obrigando Magrão a fazer grandes defesas, o Sport deslancha na 2ª etapa com mais 3 gols e experimenta pela 1ª vez a liderança do #PE2013. O atacante Muller do BJ deve ser bem observado...

Petrolina 2 x 0 Serra Talhada - Em franca decadência o Cangaceiro não mais se acertou no campeonato, além de ter perdido 3 pontos pela escalação equivocada de Kássio e com isso ter caido para a ponta de baixo da tabela, tomou 2 da Fera Sertaneja que segue queimando a língua dos comentaristas do interior.


Pesqueira 2 x 0 Chã Grande - Longe de casa mas com o mando de campo, o Pesqueira venceu por 2 a 0 o Chã Grande no estádio Gigante do Agreste em Garanhuns. Alex abriu o placar logo aos 8 minutos de jogo, enquanto Jonathan Balotelli marcou o segundo aos 4 do 2º tempo. Como tá fazendo gol esse Balotelli do interior.

Porto 1 x 1 Santa Cruz - Num jogo de fazer calo nos "zói" o Porto abre o marcador com Joelson de Pênalti, mas ele teve que repetir a cobrança por que pra time do interior é assim: Gol de penal só é de macho quando é cobrado duas vezes né juiz? Em seguida o Santa empatou mas o resultado poderia ser qualquer um, pois as duas equipes fizeram um joguin miserável. Pra um público baixo, em se tratando de Santinha, até a torcida tá minguando...

Salgueiro 0 x 0 Central - Parece que as coisas começaram a mudar mesmo na Patativa, depois da greve dos protestos, das demissões, das dispensas e do "barramento" da imprensa nos treinos, além da promessa de pagamento de salários atrasados o time de Caruaru mostrou raça e mesmo com 1 jogador a menos poderia ter vencido. Bom jogo no Cornélio de Barros.

Náutico 0 x 2 Ypiranga - Era o dia do aniversário de 112 anos de história do Clube Náutico Capibaribe e o Ypiranga lhe trouxe um presente de grego. Dois gols, de Diogo e Danúbio decretaram a vitória da Máquina e o carimbo no passaporte para a semi-final. Um resultado histórico para o time da capital da sulanca. O Timbú irreconhecível teve seu treinador demitido debaixo de protestos da torcida desde o intervalo do jogo. Parabéns pro Náutico e mais ainda pro Ypiranga!
Postar um comentário