sexta-feira, 19 de abril de 2013

CENTRO LIMOEIRENSE - A saga do Centenário continua...


Sede e estádio interditados. Essa foi a principal recomendação do interventor do Centro Limoeirense, João Caixero, que na tarde desta terça (12) visitou o município de Limoeiro para conhecer a realidade do clube. Com a renúncia do presidente e do vice do Executivo, além da renúncia do presidente do Conselho Deliberativo, o alvirrubro ficou sem comando, sendo necessária a intervenção por parte da Federação Pernambucana de Futebol (FPF).


Os ex-presidentes do clube, Jaelson Joaquim (Executivo) e Bernardino Freire (Deliberativo), acompanharam o interventor nas visitas ao clube e a sede. Eles também apresentaram as prestações de contas da última gestão e o que sobrou em bolas e padrões de jogos. De acordo com Caixero, os conselheiros fiscais serão convocados para analisar os documentos contábeis e decidir pela aprovação ou não.

O interventor também proibiu a utilização da sede do clube para prática de jogos populares de aposta, a exemplo do jogo de baralho, diversão comumente chamada de jogo de azar, o que seguindo a legislação é considerado ilegal. Com a interdição do Estádio José Vareda (Varedão), as peladas ficam suspensas por tempo indeterminado.

Segundo o interventor, um novo edital para eleição do clube será lançado, o que não garante que a eleição aconteça. Enquanto coordena o processo administrativo para eleição de uma nova diretoria, João Caixero denominou o desportista Jaime Salvador como fiel depositário. Ele terá a missão de preservar o patrimônio do clube até a eleição de um novo presidente. Inclusive, as chaves da sede e do campo foram entregues em suas mãos.

Postar um comentário