segunda-feira, 25 de março de 2013

SERRA TALHADA pode sofrer "punição"


Na quinta colocação do segundo turno do Campeonato Pernambucano, somando 11 pontos, a apenas um do G-4, o Serra Talhada pode se complicar. Isso porque o meia Kássio, artilheiro do Cangaceiro na competição, com quatro gols, atuou na vitória contra o Salgueiro, no último domingo, de maneira irregular. O jogador já tinha tomado três cartões amarelos (contra o Belo Jardim, pela quarta rodada; contra o Central, pela sexta rodada e contra o Santa Cruz, pela sexta rodada) e estava suspenso.

De acordo com o presidente da Comissão de Arbitragem (CEAF), Erich Bandeira, o árbitro da partida, Gilberto Castro Júnior, não tinha o poder de impedir o jogador de atuar.

- Nem o árbitro da partida e nenhum outro pode impedir um jogador de jogar. Se ele está relacionado, teoricamente, pode jogar. Não cabe ao juiz e nem à CEAF fazer esse balanço. Agora, é de se lamentar a falta de atenção do Serra Talhada. Um clube perto do G-4 cometer esse tipo de erro.O diretor geral de competições da Federação Pernambucana de Futebol (FPF), Murilo Falcão, afirmou que ainda não tinha tomado conhecimento da irregularidade. Mas que vai passar tudo para o setor jurídico da entidade.

- Sinceramente, não estava sabendo de nada. Porém vamos conferir as súmulas e passar tudo para o setor jurídico. Aí então uma possível punição pode acontecer. Mas eu não estou autorizado a dizer quando nós vamos encaminhar isso. Se por acaso o clube for penalizado, a imprensa vai saber na hora certa. Não há previsão para que se diga quando isto vai acontecer.

O presidente do Serra Talhada, José Raimundo, disse que desconhecia o artigo 20º do regulamento da competição, que prevê "os cartões de todos os atletas são zerados ao término do primeiro turno". O alerta foi dado justamente pelo presidente do Salgueiro, Clebel Cordeiro.

- Eu recebi a ligação do Clebel, me falando desse artigo. Sinceramente, eu desconhecia. Eu não sabia que o Kássio não poderia jogar. Mas eu vou ter uma reunião com a minha comissão técnica e meus diretores de futebol. Vamos fazer um levantamento de todos os cartões do nosso elenco. Se realmente conferir essa suspensão do Kássio, o jeito é aguardar a punição.

A previsão é que o Serra Talhada seja punido com a perda dos três pontos ganhos pelo Cangaceiro na vitória sobre o Salgueiro. O Carcará do Sertão não seria beneficiado com a punição do adversário.

"Se realmente conferir 
essa suspensão do Kássio,
o jeito é aguardar a punição" 

José Raimundo,
presidente do Serra Talhada



http://globoesporte.globo.com/futebol
Postar um comentário