sábado, 23 de março de 2013

O Salgueiro está de parabéns pelos seus 41 anos

Fundado como um time amador, o então Atlético Clube de Salgueiro nasceu no dia 23 de março de 1972. Desde os primórdios a equipe mandava seus jogos no estádio Cornélio de Barros, o tricolor do sertão disputava apenas partidas pela Liga de Salgueiro.

A profissionalização veio apenas em 2005. No entanto, o clube não demorou muito para conquistar suas primeiras glórias – na primeira temporada atuando como uma equipe profissional, o Carcará venceu a Copa da Integração – torneio regional. Nas competições organizadas pela Federação Pernambucana de Futebol (FPF), o Salgueiro estreou levantando a taça da Copa Pernambuco 2005 contra o Sport Club do Recife. Na estreia em campeonatos profissionais, o vice-campeonato da Série A2 garantiu a passagem do Salgueiro para elite do futebol pernambucano.

A participação inédita no Pernambucano não foi das melhores, e o clube acabou voltando para a segunda divisão. O retorno para a divisão principal veio logo no ano seguinte, desta vez o acesso para a A1 veio com o título da segundona. Mais amadurecido para a primeira divisão do Pernambucano, o clube logo se afastou da zona de rebaixamento, e ainda conseguiu a vaga para o Campeonato Brasileiro da Série C de 2008. A partir deste momento o clube deu o primeiro salto no âmbito nacional, avançando até a teceira fase da competição.

O Salgueiro Atlético Clube seguiu em evolução ao ficar duas vezes consecutivas entre os quatro primeiros colocados do estadual, sempre qualificando-se para a Série C. A consagração do clube veio no ano de 2010, após a classificação conquistada na primeira fase, a torcida salgueirense se viu num dos momentos mais importantes da história da esporte do sertão pernambucano. O Salgueiro estava classificado para enfrentar o tradicional Paysandu pelas quartas de final da competição, o vencedor do confronto confirmaria o acesso para a Série B 2011.

Na partida de ida, empate por 1 a 1 no Cornélio de Barros em festa, o resultado deixava a classificação em aberta para o jogo de volta em Belém. A manhã de 17 de outubro seria o dia da redenção para os salgueirenses, conquistar o acesso diante do Paysandu parecia algo distante para um clube com apenas cinco anos no mundo do futebol profissional. Logo aos dez minutos de partida, o Papão da Curuzu marcou o gol que parecia afastar ainda mais o time pernambucano da classificação, atrás no placar e com todo um estádio a favor do adversário. Entretanto, o clube que já nasceu coberto de vitórias reverteu o placar com gols de Fágner, Júnior Ferrim e Edu Chiquita, numa virada histórica em pleno caldeirão da Curuzu, conseguindo o acesso, sendo primeiro clube do sertão pernambucano a disputar a Série B.

O Salgueiro levantou a bandeira do futebol do interior pernambucano, sendo reconhecido como uma força do futebol nordestino. A melhor campanha no Campeonato Pernambucano veio nos 40 anos do clube, o Carcará alcançou a terceira colocação do estadual, garantindo vaga inédita para a Copa do Nordeste, fazendo história e evoluindo a cada temporada. Além das conquistas nos gramados, o estádio Cornélio de Barros passou por uma ampliação recentemente, passando a acomodar 10 mil torcedores, o clube também vem investindo no futuro, através de suas categorias de base.

A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) deseja um feliz aniversário para a torcida e todos que compõem o Salgueiro Atlético Clube
Postar um comentário