segunda-feira, 17 de junho de 2013

Pela primeira vez em sua história, o INDEPENDIENTE caiu!

Pela primeira vez em sua história, o Independiente caiu da primeira para a segunda divisão do Campeonato Argentino. Precisando de duas vitórias nas últimas duas rodadas e ainda sonhando com uma improvável combinação de resultados, o "Rei de Copas" entrou em campo neste sábado em casa, no Estádio Libertadores da América, contra o San Lorenzo.

Mas não evitou o vexame: derrota por 1 a 0 e rebaixamento inédito confirmado. Além disso, os dois outros duelos de hoje não lhe ajudaram.
O Argentinos Juniors ganhou do Colón por 1 a 0, e o San Martin derrotou o Estudiantes por 2 a 0 - os vencedores também atuaram em casa e brigam diretamente pela vaga nos playoffs contra o rebaixamento diante do terceiro da Nacional B.

O gol que sacramentou a queda do Independiente foi marcado por Angel Correa aos 15 minutos da etapa final. Um golaço: ele recebeu na entrada da área pela esquerda e tocou colocado, no canto esquerdo de Diego Rodríguez, para desespero da torcida dos diablos rojos.

Assim, o Boca Juniors se torna o único time a não ter caído de divisão na história argentina.

O rebaixamento no Campeonato Argentino é definido através do "promédio", a média dos resultados dos times nos últimos três anos na primeira divisão. O Independiente, ocupando a modesta 12ª colocação no Torneio Final, já havia feito campanhas ruins nas últimas temporadas.

Maior vencedor da Libertadores com sete títulos, duas vezes detentor do título mundial e campeão argentino em 16 oportunidades, o chamado ‘Rei de Copas' chegou ao inferno, como definiu o Olé.

"Comovente despedida de todos os torcedores do Independiente para com os garotos, os jogadores que terminaram a partida", escreveu o perfil oficial do clube de Avellaneda no Twitter. "Eu sou assim, e gritando que te quero vou morrer... #Independiente", entoou o cântico da torcida.

Fonte: ESPN
Postar um comentário