terça-feira, 18 de junho de 2013

15 de junho de 1919 - 94 ANOS

Fundado em 15 de junho de 1919, a uma da tarde, na Sociedade Musical Comercial Caruaruense, tendo como representante o Sr. Francisco Porto de Oliveira. Recebeu esse nome em homenagem à Estrada de Ferro Central, que passava por Caruaru e unia o Litoral ao Sertão.


No início o time só disputava ligas regionais, mesmo assim revelou grandes jogadores como Machadinho, Zuza, Teonilo, Pedro, Rochura, Joaquim, Alemão e Tutu. Em 1936 o Vasco da Gama foi a capital do Agreste para um amistoso. O time cruzmaltino suou para conseguir vencer a patativa por 1 a 0. Os centralinos ainda conseguiram empatar, través de Tutu, mas o árbitro anulou o gol.

Um ano mais tarde, o Central finalmente era incluído entre os grandes do futebol pernambucano e começou a disputar o campeonato estadual. Em 1937, pela primeira vez o Central foi disputar o Campeonato Pernambucano. O sonho durou pouco, pois no mesmo ano a diretoria ficou irritada com as arbitragens e retirou a equipe do torneio. O Central filiou-se à Liga Esportiva Caruaruense e conseguiu faturar os títulos de 1942, 1945, 1948, 1951/52, 1954, 1958. Em 1951, a Patativa conseguiu um feito histórico, vencendo o Jocaru por 23 a 0, o meia Milton foi o artilheiro do jogo com 11 gols. Em 1980, as obras no estádio Pedro Victor de Albuquerque foram concluídas. O jogo inaugural foi marcado no dia 19 de outubro do mesmo ano, o Central venceu a Seleção da Nigéria de Futebol por 3x1. Gil Mineiro, jogador do Central Sport Club marcou o 1º gol.

O alvinegro do Agreste só voltou a disputar o campeonato pernambuco da primeira divisão em 1961, depois de muito esforço do então presidente da Liga Desportiva Caruarense, Gercino Pereira Tabosa e do presidente da FPF, Rubem Moreira da Silva. Rapidamente o time se transformou na quarta força do futebol pernambucano. Nos anos 1970 e 80 o Central passou a disputar o Campeonato Brasileiro, levando grandes equipes ao Pedro Victor. No dia 22 de outubro de 1986 ocorreu o maior recorde de público da história de Caruaru, 24.450 pessoas foram assistir a vitória do Central por 2x1 contra o Flamengo no Campeonato Brasileiro do mesmo ano.

O Central hoje é considerada a 4ª maior força do futebol pernambucano, com uma trajetória de 94 anos o clube possui um estádio invejável, sendo o maior do interior do Nordeste, considerando um time de torcida de massa, e tradição, que vem conquistando cada dia mais novos apaixonados pelas listras alvinegras da patativa.

Parabéns Central
Postar um comentário