sexta-feira, 21 de março de 2014

Uma decisão gigantesca


A Copa do Nordeste 2014 vai ter uma final inédita e histórica. Um duelo gigante entre dois dos maiores clube da região: Ceará x Sport. Confronto do time mais constante da competição contra aquele que mais evoluiu.

O Ceará de Sérgio Soares é dono do melhor ataque (20 gols) e tem o artilheiro do torneio (Magno Alves, com sete). Foi o time que mais manteve a pegada nesta Copa do Nordeste. Um favorito que resistiu desde o início.

Em 2013, o Ceará quase subiu para a Série A. Passou raspando. Manteve, então, a base do que deu certo e fez contratações cirúrgicas, resolvendo problemas na zaga e repondo peças na frente. Anderson, Sandro, Souza, Assisinho, Bill e Tadeu deram ainda mais qualidade ao Alvinegro que, para muitos, tem o melhor futebol do Nordeste.

Já o Sport vem crescendo de forma absurda. Se o time começou o ano mal, a mudança de treinador desviou o caminho e recolocou a equipe nos eixos. Eduardo Baptista assumiu meio sem querer no início de fevereiro. Não largou mais o cargo.

De lá para cá o Sport jogou 13 vezes. Perdeu apenas três jogos. Empatou outro e ganhou nove. Fez 24 gols e tomou só sete. De quase eliminado na Copa do Nordeste o Leão virou finalista. Arrancada fulminante.

Números à parte, Ceará e Sport são dois clubes enormes. Populares e apaixonantes. Farão, sem dúvida, uma final digna. Afinal, #ONordesteMerece.

(Bruno Formiga)
Postar um comentário