quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

O "Grito dos idiotas" também machuca!

Nosso blog não tem o costume de falar de jogadores ou clubes da capital mas temos que abrir essa para reproduzir um fato ocorrido no jogo Sport 3 x 2 Serra Talhada na Ilha do Retiro pela 2ª rodada do 2º turno do Campeonato Pernambucano Coca-cola 2013. A violência das torcidas não se resume ao campo animalesco da pancadaria e invade os lares e a intimidade dos profissionais que se doam em prol das agremiações que os contratam.

Caso Roger
A crítica foi cruel. Despropositada. Segundo Vadão, após o jogo contra o Serra Talhada, um torcedor do Sport, insatisfeito com a atuação de Roger, gritou para o atacante as seguintes palavras: "Você está cego igual a sua filha". Fosse algo falado levianamente, poderia passar sem grande repercussão. Mas, como a filha do atleta, de fato, tem sérios problemas de visão, a frase - calculadamente maliciosa- atingiu o centroavante a ponto de fazê-lo pedir para conceder entrevista coletiva na tarde desta quinta-feira. Aos microfones, ele pediu respeito, mas disse que perdoava o torcedor.


Tranquilo, mas visivelmente triste, o atacante deu uma declaração serena. "Eu saí do jogo e o torcedor falou algo que não é legal de se ovuir. Antes de ser atleta, sou pai e cidadão como todo mundo. Quadno se fala da família da gente, da forma como se fala, é chato. Sou um cara que tenho uma postura de vida diferente, sirvo a Deus, sou evangélico. mas pra tudo tem um fim. Sempre respeitei os torcedores. Todo. Mas quando fala da famílai, não é legal. Passa um pouco do ponto", falou.

Roger fez questão de declarar amor à filha e de perdoar o torcedor que lhe dirigiu tamanha ofensa."Não ligo pra ele. Ele é muito pequeno perto da grandeza desse clube e perto da grandeza da minha filha. Ela não é um problema. Nunca foi. Ela é linda, inteligente. Eu a amo e fui escolhido por Deus para criá-la. Ele foi muito infeliz no comentário dele, mas não generalizo. Já ouvi gente dizendo que foi a torcida do Sport. Não. Foi um torcedor e ponto. Mas eu o perdoo", disse o atacante.

Por Rômulo Alcoforado
Especial para o Blog do Torcedor
Postar um comentário